Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ensino em Cabo Verde

por JM, em 28.06.12




 

Se não é do conhecimento de todos o farei. Muitos sabem que o ensino em cabo verde deixa muito a desejar. Professores que não valem implicam também alunos que não prestam. Podem achar que estou a exagerar, mas observarão que não. Em cabo verde não há controlo, isto e, não há vigilância na educação com o intuito de se saber se os professores e os estabelecimentos de ensino estão a desempenhar a função que lhes cabem. O nosso Governo, felizmente ou infelizmente  preocupa apenas com construções de muitas escolas e liceus, a quantidade. O mas impressionante é também a quantidade de burros que saem dos liceus para as universidades. O novo programa do governo afirma que ” a educação ultrapassou o capital como sendo mais…” só que esqueceram de acrescentar ensino de “qualidade”. Há estabelecimentos de ensino em cabo verde que parece mais um estabelecimento económico.

 Além disso,são muitos os docentes que não tem proficiência para leccionar nas universidades e nos liceus e que mesmo assim leccionem. Professores estes, que estão mais inquietados com a conta bancaria. Em relação aos alunos que saem das universidades ou dos liceus sabendo “nada”, ou pelo menos a acharem que sabem alguma coisa. Mas devem estar a perguntar de quem é a culpa. Não estou a atribuir culpa ao governo, aos professores, as universidades, aos liceus ou as escolas primárias. Somos todos nos que pelo menos sabemos o que acontece e que fingimos que não. O que me motivou a escrever foi facto de que quando entrei numa universidade tive a certeza que podia ser Sócrates, ou seja “só sei que nada sei”

 

Ah! Se acharem algum erro do português, não se esqueçam que também sou parte da quantidade….

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ensino em Cabo Verde

por JM, em 24.04.12




Se não é do conhecimento de todos o farei. Muitos sabem que o ensino em cabo verde deixa muito a desejar. Professores que não valem implicam também alunos que não prestam. Podem achar que estou a exagerar, mas observarão que não. Em cabo verde não há controlo, isto e, não há vigilância na educação com o intuito de se saber se os professores e os estabelecimentos de ensino estão a desempenhar a função que lhes cabem. O nosso Governo, felizmente ou infelizmente  preocupa apenas com construções de muitas escolas e liceus, a quantidade. O mas impressionante é também a quantidade de burros que saem dos liceus para as universidades. O novo programa do governo afirma que ” a educação ultrapassou o capital como sendo mais…” só que esqueceram de acrescentar ensino de “qualidade”. Há estabelecimentos de ensino em cabo verde que parece mais um estabelecimento económico.
 Além disso,são muitos os docentes que não tem proficiência para leccionar nas universidades e nos liceus e que mesmo assim leccionem. Professores estes, que estão mais inquietados com a conta bancaria. Em relação aos alunos que saem das universidades ou dos liceus sabendo “nada”, ou pelo menos a acharem que sabem alguma coisa. Mas devem estar a perguntar de quem é a culpa. Não estou a atribuir culpa ao governo, aos professores, as universidades, aos liceus ou as escolas primárias. Somos todos nos que pelo menos sabemos o que acontece e que fingimos que não. O que me motivou a escrever foi facto de que quando entrei numa universidade tive a certeza que podia ser Sócrates, ou seja “só sei que nada sei”

Ah! Se acharem algum erro do português, não se esqueçam que também sou parte da quantidade….

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:37







Alguma sugestão em relação ao nosso Blog?