Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Na cidade da praia, é agora tradição assassinar pessoas aos fins-de-semana. O que testemunha o aumento significativo de atrocidades na cidade, e isto, na minha visão, devia ser inadmissível e intolerável.

 

 

 

-Será que as famílias estão a dar uma educação de qualidade aos filhos? Será que as famílias dispõem de um meio sustentável para os filhos? (relação com os pais, diálogos. etc.)

-Em vez de o governo apostar mais na qualificação ou no aumento de agentes, não devia apostar mais no ensino, isto é, na qualificação do ensino.

 

 

CABO VERDE!

Com certeza essa onde de violência que vem devastando a cidade de praia inibi o desenvolvimento social da cidade da praia e de Cabo verde. Agora pergunto, estão os cabo-verdianos interessados no crescimento de Cabo Verde? Os políticos realmente estão interessados no desenvolvimento social de Cabo Verde. Se sim que tomem alguma atitude, que não fiquem inactivos a procurar os culpados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:17


Thughs cidade da Praia

por JM, em 25.09.12

“Ausência de autoridades”

 

 

É de ver que "os agentes políticos vivem nas sombras dessa violência urbana" que vem devastando Cabo Verde e principalmente a cidade da praia. Eles não sabem ou não querem saber. Porém, se for do interesse privado empenham numa luta sem fim (Guerra Fria), mas se for de interesse dos cabo-verdianos não querem saber. "O parlamento cabo-verdiano tornou-se numa lavandaria, onde as pessoas lucram para lavar roupa suja."



Devem estar a perguntar e os direitos consagrados na constituição da república de Cabo Verde não servem de nada? Infelizmente são só enfeites para nos iludir com promessas e exemplos.



“Cabo Verde é uma República soberana, unitária e

Democrática, que garante o respeito pela dignidade da

Pessoa humana e reconhece a inviolabilidade e inalienabilidade

Dos direitos humanos como fundamento de toda

A comunidade humana, da paz e da justiça”

Verdade ??????????????? não sabia!!!

 

 

Afirmo que é a sociedade cabo-verdiana em geral a culpada deste aumento de violência juvenil. Se todos os cabo-verdianos (políticos, empresários, estudantes, professores, outros…) empenhassem numa campanha anti-thugh como empenham nas campanhas eleitorais. Se os políticos empenhassem nem gastar dinheiro nas campanhas anti-thugh, como gastam nas campanhas eleitoras, (OBS: nas campanhas eleitorais eles saem a ganhar). Teríamos com certeza acabado ou se não atenuado essa onda de violência que infelizmente já converteu-se numa tradição.

 

 Por: Jay Monteiro


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:43







Alguma sugestão em relação ao nosso Blog?