Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Há 191 áreas a precisar de profissionais qualificados num dos países do mundo com maiores índices de desenvolvimento económico e qualidade de vida.

card_australia_sidney.jpg

 Sabia que a Austrália tem um programa de imigração para atrair profissionais qualificados ao país? Se quer ter uma experiência internacional, esta pode ser uma boa opção. É que além de pagar bons salários e oferecer uma excelente qualidade de vida, o governo australiano garante todos os direitos ao trabalhador, possibilitando a entrada no país através de vários tipos de vistos temporários e permanentes.

 

A falta de mão-de-obra qualificada, resultante de um elevado crescimento económico, tornou-se um problema crónico no sexto maior país do planeta. Para resolver o problema e atrair profissionais qualificados, o governo australiano divulga uma lista anual de profissões em falta no país, a chamada ‘skilled occupation list'. Este ano foram 191 as profissões identificadas, entre elas, arquitectos, engenheiros, médicos, veterinários, professores, mecânicos, electricistas, pedreiros e chefs.

 

Os requisitos básicos para concorrer a estes lugares são vários: ter menos de 50 anos; ser um profissional nas áreas procuradas; ter a profissão reconhecida na Austrália pelo órgão certificador e possuir um nível de conhecimento avançado de inglês.

Caso o candidato preencha todos os requisitos, é necessário então que o mesmo dê entrada de um processo chamado ‘Expression of interest' junto do Departamento de Imigração. Dentro deste sistema, todos os candidatos serão alocados dentro de uma ordem de prioridade baseada em um número de pontos, que são usados para determinar que profissionais melhor se encaixam no ‘molde' do imigrante ideal. Quanto maior a pontuação, melhor o posicionamento no ‘ranking'.

 

A partir daqui, as informações do candidato ficam disponíveis não só para o governo federal como também para os Estados que participam no programa e também para potenciais empregadores que possam vir a ter interesse em "convidar" ou "patrocinar" o candidato.

 

Se quiser aventurar-se nesta geografia preencha a sua candidatura no ‘site' do departamento australiano de imigração. Nesta página, o candidato pode informar-se sobre as profissões mais procuradas, os tipos de visto, cidadania, processos selectivos ou outras dúvidas.

 

Economico

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28

Programa Schwarzman Scholars está com inscrições abertas. São oferecidas 100 bolsas de estudo integrais para cursos de um ano. Objetivo é capacitar novos líderes!

images (1).jpg

 

Estão abertas até o dia 1º de outubro as inscrições ao programa Schwarzman Scholars, que oferece bolsas de estudos integrais para cursos de mestrado na Universidade Tsinghua, localizada em Pequim, na China.

 

O mestrado tem a duração de um ano e é possível escolher entre três áreas de estudo: Políticas Públicas, Economia e Negócios, e Estudos Internacionais. Não é necessário ter formação prévia em alguma dessas áreas para concorrer, nem dominar mandarim, já que todas as aulas serão em inglês.

 

As bolsas de estudo cobrem todos os custos do mestrado e incluem também passagens áreas para a China, moradia, alimentação, seguro-saúde e uma quantia mensal para gastos pessoais. Todos os aprovados deverão morar no campus da universidade.

 

São elegíveis candidatos que tenham entre 18 e 29 anos (até 30 de junho de 2016), graduação completa (até julho de 2016) e proficiência na língua inglesa, que deve ser comprovada por meio de exames como TOEFL ou IELTS. Os interessados devem enviar três cartas de recomendação, três cartas de motivação com diferentes temas (veja aqui), além de histórico escolar completo e currículo. Os seleccionados serão comunicados em novembro. Saiba mais e faça sua inscrição

 

Em busca de novos líderes globais – “Estamos à procura de candidatos com características muito específicas. Além de serem intelectualmente curiosos, eles devem estar dispostos a assumir riscos, ampliar sua visão de mundo e construir suas capacidades profissionais por meio de uma imersão na cultura e na sociedade chinesa”, afirmou o diretor global de admissões do Schwarzman Scholars, Rob Garris. “Os estudantes selecionados serão os primeiros a integrar uma rede global de líderes que irá crescer em perpetuidade, e que terá impacto sobre o futuro de uma forma que ainda não é conhecida”.

 

Este é o primeiro ano do programa Schwarzman Scholars. A expectativa é que, em 2016, 200 bolsas de estudo sejam oferecidas.

 

Faça a sua candidatura: http://schwarzmanscholars.org/admissions/application

Saiba mais: http://schwarzmanscholars.org/program/leadership-training

 

Fonte: MESC

 

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:22









Alguma sugestão em relação ao nosso Blog?