Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

Amália Melo Lopes, Paulino Lima Fortes e Judite Medina do Nascimento são os três candidatos já declarados à primeira eleição do reitor da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), prevista para 31 de Janeiro.

 

A informação foi dada à Inforpress pelo vice-reitor da Uni-CV, Bartolomeu Varela, indicando ainda que a data do sufrágio foi deliberada segunda-feira, 06, numa reunião extraordinária do Conselho da Universidade de Cabo Verde.

Esta será a primeira eleição do reitor da Uni-CV a realizar-se por sufrágio universal, directo e secreto dos docentes, estudantes e trabalhadores não docentes com capacidade eleitoral activa, conforme os estatutos da universidade pública cabo-verdiana.

Para a eleição do reitor, foram criados seis círculos eleitorais, sendo três na Praia (DCT, DCSH e ENG), um em São Jorge dos Órgãos (ECAA) e dois em São Vicente (DECM e DCSH).

De acordo com a deliberação, haverá ainda círculos eleitorais nas demais ilhas onde se encontrem em actividade, nos termos regulamentares, estudantes, docentes ou trabalhadores da Uni-CV com capacidade eleitoral activa.

O Conselho da Universidade aproveita ainda para apelar à “participação livre, cívica e responsável” de todos os membros da comunidade universitária na realização da primeira eleição do reitor da Universidade, contribuindo para que este “acto de cidadania académica da maior relevância” decorra de forma exemplar.

Aproveita igualmente para exortar os órgãos, unidades orgânicas, serviços e estruturas da Universidade, bem como todas as pessoas ou entidades responsáveis pela organização do sufrágio que mantenham uma postura de neutralidade e de tratamento igual às diversas candidaturas concorrentes.

Às candidaturas que vierem a ser admitidas à eleição do reitor, o Conselho da Uni-CV apela que “primem a sua actuação por um alto sentido de responsabilidade, ética académica e observância das normas do processo eleitoral”.

O actual reitor da Uni-CV, Paulino Fortes, candidata-se à sua própria sucessão, depois de ter substituído no cargo, de 08 de Junho de 2011 a 06 de Janeiro de 2014, António Correia e Silva, que fora chamado para integrar o elenco governamental de José Maria Neves, enquanto ministro do Ensino Superior, Ciência e Inovação.

A candidatura de Paulino Fortes marcou já para esta quarta-feira, uma conferência de imprensa sob o lema “UNICV 2014: Continuar a Ganhar”, acrescentando que a decisão desta candidatura é fruto de “madura reflexão” e o “relevar do mais estrito dever”.

 

Fonte: SAPOESTUDANTE

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00










Alguma sugestão em relação ao nosso Blog?