Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Governo de Cabo Verde oficializa sexta-feira à tarde a nomeação de novos embaixadores cabo-verdianos em Angola, Brasil, França, Senegal e Nações Unidas, movimentação que abrange também o actual secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros.

Numa nota, o Ministério das Relações Exteriores cabo-verdiano adianta que a posse dos novos embaixadores decorrerá na sede Palácio das Comunidades, sede daquele departamento governamental, mas exclui, para já, a oficialização da nomeação de José Luís Rocha, cuja pasta no executivo não será alvo de substituição.

 

Antigo director geral da Política Externa no extinto Ministério dos Negócios Estrangeiros (actual Ministério das Relações Exteriores - MIREX), José Luís Rocha, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação cabo-verdiano desde Março de 2011, foi nomeado embaixador de Cabo Verde em Washington.

 

Fontes oficiais confirmaram à agência Lusa que, para já, a pasta será absorvida pelo MIREX cabo-verdiano, Jorge Borges, podendo voltar a ser preenchida numa eventual remodelação governamental, já há muito anunciada na imprensa local mas sem efeitos práticos.

Além da nomeação de José Luís Rocha, o Governo de Cabo Verde vai oficializar os nomes de Francisco Pereira da Veiga para chefiar a missão diplomática cabo-verdiana em Angola, de Domingos Pereira Mascarenhas para o Brasil, de Fátima Lima Veiga para França, de César Monteiro para o Senegal e de Fernando Wahnon junto das Nações Unidas, em Nova Iorque.

 

Francisco Pereira da Veiga estava colocado no Senegal e segue para Luanda, substituindo Domingos Pereira Mascarenhas, que segue para o Brasil, onde ocupará as funções de embaixador, substituindo Daniel António Pereira, que regressa ao país.

 

Para Dacar seguirá César Monteiro, doutorado em Sociologia, professor universitário e investigador - publicou vários livros e ensaios -, ainda diplomata de carreira que já foi cônsul de Cabo Verde em Roma e encarregado de negócios em Cuba. Actualmente era também assessor do MIREX.

Em Paris é colocada Fátima Lima Veiga, antiga ministra dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiana, que estava colocada desde 2007 em Washington, para onde irá José Luís Rocha.

Para a sede das Nações Unidas seguirá Fernando Wahnon, actual director geral dos Assuntos Políticos e Cooperação no MIREX e antigo embaixador de Cabo Verde em Bruxelas entre 2000 e 2010., que, por sua vez, vai substituir António Pedro Monteiro Lima, no cargo desde 2007.

Brasília, onde se encontrava Daniel António Pereira é o destino de Domingos Dias Pereira Mascarenhas, que deixou a Santa Sé em Dezembro de 2013, tendo sido substituído por Antero Veiga, que, já credenciado no Vaticano, acumula as funções com as de ministro do Ambiente, Habitação e Ordenamento do Território de Cabo Verde.

Em Lisboa, a movimentação diplomática aconteceu em Janeiro de 2012, quando a economista e então ministra do Trabalho, Família e Solidariedade Social de Cabo Verde, Madalena Neves, ocupou o vazio deixado em 2010 por Arnaldo Andrade, hoje deputado no Parlamento cabo-verdiano.

Segundo a página do MIREX na Internet, Cabo Verde tem ainda missões diplomáticas na Alemanha, Bélgica, China, Cuba, Espanha, Itália, Luxemburgo e Rússia, bem como uma representação em Genebra (Suíça), e ainda 32 consulados espalhados pelo mundo.

 

Fonte: SAPOCV

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:16










Alguma sugestão em relação ao nosso Blog?