Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O rumo da cultura cabo-verdiana

por JM, em 25.06.12


Cabo Verde não é um país da qual alguém iria se esquecer, a arte, a gastronomia, a música, a morabeza enfim a cultura. Ela é diversificada, ampla, extraordinária e estrondosa. Ou foi?

 

…Hoje ouvi alguém a dizer que a “Morabeza” não é mais de que uma palavra comercial, ou melhor dizendo, tornou-se comercial. Será  que a  cultura cabo-verdiana está a tornar-se muito comercial?

 

  

O batuque já não é tradição do terreiro, mas sim de palcos e festivais, ou seja levaram aquilo que era tradição para os palcos. Mas, a pergunta é, o batuque de hoje, a gravação de CD e os vídeos que as batucadeiras gravam, vestindo roupas indecentes e mostrando partes íntimas do corpo, é cultura, é tradição?

 

“Forti sodadi” do antigo funaná, do ferro e da gaita. O que faz-se hoje foge muito a regra do puro funaná. Muitas vezes torna – se numa ”porcaria”.

“Sodadi “Code Di Dona”. Alguns cantores de hoje trocam os instrumentos e os temas do funaná. Qual é a real essência do nosso funaná?

                              

Será que todo isso não é uma mera situação de “arte zen contra titanic”? se for, qual é o impacto ou as consequências?

 

               “A essência da minha cultura está na verdadeira representação dela…”

                                                                                                         Fantasma

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE:

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

De João Sá a 26.06.2012 às 04:55

Bom dia :)
Este post está em destaque Na Rede na homepage do SAPO Cabo Verde (http://sapo.cv).

De Joaquim ALMEIDA (Morgadinho ) a 27.06.2012 às 05:59

Lamento bastante a maneira como andam a ( massacrar ) o nome da nossa terra , a palavra CABO VERDE ;
Hà quém a escreve , KAU BERDI outros KABE VERDI ,KAP DERD , enfim uma serie de asneiras que so
desvaloriza a nossa lingua . Melhor seria escrever a palavra tal qual como o nosso pais foi batisado
aquando da sua descuberta . Por que razao devemos destruir o que é original , neste caso o valôr cultural do nosso pais , que so pode contribuir para confusoes na memoria das geraçoes futuras ??
Nada se ganha com isso , pelo contràrio destroi tudo o que é de valor cutural e tradicional de CABO VERDE !.
Um Criol na Frânça ; Morgadinho !..

De JM a 28.06.2012 às 04:51

Lamentamos ter chegado a este ponto. Há muito que se fala na aldeia global, na globalização e tal, mas será que este tal de “aldeia global” na está a contribuir para perda dos traços distintos da nossa cultura. E se continuar neste ritmo qual é o futuro da nossa cultura?

De Mario Andrade a 30.06.2012 às 12:03

keli e ta bem fika moto mas pior..si ka dja fika..mas parcem ma nem ka sa moto ligado pa kela...kabu verdinos..e bom blog nhos kontinua forsa...kel post li sa ta mosta kz ki sta sucundido...

De JM a 24.07.2012 às 13:44

Com serteza ta fika mas pior...mas kabu vedi nos sta li pa keli mesmo pa kritika todo kel ki sta mariado e mostra soluson...borgado pa forsa!!!!

De Anita Veiga a 30.06.2012 às 12:05

Antes de mas..obrigado pa divulga kabu verdi..e traze kes ponto mariado e bomde cv..principalmente kes ki sa finjido ma ka sa ta odjado forsa la pa nhos.....

De JM a 24.07.2012 às 13:45

Anita Veiga e keli mesmo proposito dee kabu verdi nos e tra kes coberta de todo kusa ki sta sukundido....

Comentar post









Alguma sugestão em relação ao nosso Blog?